Meu pai era militar e deixou registrado na Marinha 04 filhos de 03 companheiras diferentes. . Um filho é homem, recebeu um tempo enquanto estava estudando e depois perdeu o auxílio. . Eu e minha irmã recebemos a pensão normalmente. . Uma terceira filha que teria direito também, morreu aos dois anos de idade. Descobri o nome desta filha que faleceu em criança. Consegui a certidão de nascimento dela em Salvador mas a de óbito eu não consigo de jeito nenhum, pois ela morreu no interior da Bahia em Feira de Santana no ano de 1963 e nenhum cartorio, cemitério ou hospital tem o registro deste obito. Já falei com a mãe da menina e ela diz não saber onde a menina foi enterrada, bem sei que ela sabe mas que não quer fornecer o documento. O que eu posso fazer além de continuar pesquisando ( o que eu faço a mais de 1 ano todos os dias) para obter este atestado de obito. Ha algum outro caso semelhante ao meu e que tenha tido um final positivo. E se eu nunca conseguir este atestado de obito, o que posso fazer pelos meios legais?

Tags: de militar parte pensao cota
Ainda não existem mensagens neste fórum.
Escreva a primeira mensagem preenchendo abaixo:
Seu IP: 54.196.208.187 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)