Um grande mestre da Física se deparou com a seguinte situação hipotética: possuía duas espiras circulares concêntricas E1 e E2, com raios R1=10 cm e R2=200 mm, respectivamente, percorridas por correntes de sentidos opostos. Sabe-se que, na espira de diâmetro menor, acorrente é de 20ª e que a intensidade (em módulo) do campo magnético no centro das espiras é de 3,14x 10-5T. Nessa situação, quais devem ser as intensidades, em ampéres, das correntes elétricas aplicadas na outra espira, visto que o mestre encontrou dois resultados possíveis para o problema. Dado: Permeabilidade magnética do meio: 4π(PI) × 10-7 Tm/A Considere π(PI) = 3,14

Tags: provas prova eear
Ainda não existem mensagens neste fórum.
Escreva a primeira mensagem preenchendo abaixo:
Seu IP: 54.225.17.239 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)