Fórum dedicado as pessoas que curtem chineladas, bundas carnudas ardendo, e chinelos, sandálias e havaianas femininas coloridas e gostosas de apertar.

Tags: de borracha surra pneu havaianas bundas chinelo spanking rasteirinha chineladas
02/10/2013 19:17
De: Bettina Manuela
IP: 177.68.30.120

Ola Spanker

Tenho 29 anos e estou precisando de uma boa surra...
sou como uma menininha de dez anos mimada,que não aceita ordens,adora desafiar,testar os limites e fazer o que quero ;)
19/12/2011 16:52
De: Sandra
IP: 177.33.87.1

Apanho MESMO!

Enquanto tudo está na imaginação para muitos, comigo é diferente. Meu amigo e sócio acredita, como diz ele, "que vai me colocar na linha". A história é longa. Nos conhecemos na faculdade, há um bom número de anos, nos encontramos há cerca de dois, e montamos uma sociedade, na área de comunicação. Conforme fomos nos conhecendo mais profundamente, alguns detalhes ficaram claros: 1.
ele é rígido, organizadíssimo, o que não parecida na faculdade; 2. acredita que a educação, autoeducação e por aí afora, não termina nunca; 3. e crê que eu fui mimada e me faltaram umas boas palmadas na época certa, portanto, agora ele tem de fazer isso. Da minha parte, sou: 1. por vezes, indisciplinada com relação a horários de chegada no escritório, embora nunca tenha horário de saída, já
que vou para casa sempre depois das 21h, mas ele não quer saber, acha que tenha de estar lá todo dia às 8h30, haja o que houver; 2. sou consumista, um pecado para ele; 3. às vezes perco a paciência e
dou uma resposta atravessada ou mesmo grosseira... xiiiii, já viu.
Hoje estou postando aqui com as nádegas em chamas. É a segunda vez que apanho, então resolvi dar uma olhada como é essa história aqui na internet, embora, claro, saiba alguma coisa. Mas nunca havia vivenciado isso na própria carne, literalmente. Bom, pra começar, cheguei às 9h20 hoje; ele não falou nada, só meu olhou de um jeito tão sério que, confesso, estremeci. As outras palmadas que havia levado foram justamente por causa de horário. Ele simplesmente levantou-se, pegou um café, me serviu outro, e me olhou dizendo tudo sem nenhuma palavra. Engoli em seco. Depois, pra complicar, perdi a linha com a secretária de um cliente, não propriamente com ela, mas fiquei bastante nervosa e depois de desligar o telefone, quer dizer, de falar com ela e bater o telefone, falei um monte bem alto na frente dos nossos funcionários. No meio só vi que ele havia parado o que estava fazendo e me olhava fixamente. Minhas pernas bambearam mesmo sentada. Por último, ele me chamou, depois de meia hora, e perguntou o que estava acontecendo. Irritada ou talvez com medo, respondi grosseiramente falando para ele ficar lá no meu lugar pra ver o que era, e não sentadinho editando os vídeos, sem maiores problemas. Ele passou a mão pelo rosto, levantou-se devagar e trancou a porta.
Eu quis desaparecer, mas já era tarde.
Virou-se para mim e disse: "Você conhece as regras". Sim, eu tenho de obedecer as regras. Eu, uma mulher emancipada, livre, que cria um menino e uma menina sozinha, obedecendo regras? Mas é o que está acontecendo. O pior é que não sei o que acontece comigo, eu reclamo, falo um monte, brigo, mas obedeço a ele feito criança. Que ele diz que sou, e que, por isso, levo o tipo de castigo merecido.
Bom, meu sócio me levou até a mesa, eu tentando me livrar, mas também com medo de que alguém ouvisse, embora a sala dele, por causa da edição de vídeo, seja à prova de som, quer dizer, ninguém ouve nada do lado de fora, mas e o medo? Tentei sair correndo e ele me pegou pelo braço direto com sua mãe esquerda, e depois com a mão direita praticamente me levantou do chão, já com o bumbum bem à mostra para ele. Sei que é pior fugir, porque aí apanho pelo que fiz errado e por não obedecê-lo na hora do castigo. De cara, sentou duas palmadas fortíssimas por cima da minha calça meio fina, até
chegarmos ao sofazinho. Aí me colocou de bruços em seu colo, não antes sem dar uma meia dúzia de tapões doloridíssimos, eu mordendo o lábio pra não gritar, e, habilmente, desabotou minhas calças abaixando-as até a altura dos joelhos. E aí começou: nossa! Acho que foram mais de cinquenta palmadas, fortíssimas, estaladíssimas, sobre a calcinha que teimava em encolher e deixar as duas bochechas das nádegas bem à vontade para ele. É sempre assim: quando eu já estou morrendo de tanto apanhar, inclusive eu já estava chorando baixinho, ele baixa também as calcinhas e continua o serviço. Como estávamos no escritório, só achou à mão, uma régua, mas essa era de madeira, durona que só, nem sei como ela estava lá. E aí sim, ele disse: "Agora que a surra vai começar".
Bem, vocês podem imaginar. Até me urinei um pouco. Depois de mais de vinte minutos apanhando, ele mandou eu me recompor e disse: "Agora você tem um motivo pra ficar nervosa. Principalmente porque esse capítulo não termina aqui. Depois do escritório fechar você sabe o que a espera. Volte pra sua mesa, e sem choro!".
Não é ficção, minhas nádegas estão ardendo, doendo, picando... À noite, sei bem o que ele falou, vou conhecer o seu cinto. Ele vem prometendo isso há dias, e estou estou aqui, querendo desafiá-lo, falar um monte, mas não consigo, sei que vou conhecer essas lambadas.
04/11/2009 19:46
De: Dom Ricardo (jovemsenhor2@ig.com.br)
IP: 187.26.28.177

Re: Preciso de um castigo rígido

Bia, menina levada, como vai? eu quero te disciplinar, mas creio que vc é muito medrosa e nem me responderá. Caso me responda, quero poder te pegar forte, deitar em meu colo, abaixar suas calças, pegar uma havaiana e te dar 50 lambadas de cada lado da bunda, prá deixá-la bem vermelha e fervendo. Depois........tem coragem, ou é só curiosa?
23/10/2006 19:04
De: LUCIANA
IP: 200.206.151.65

R:Para Emerson

Ola, como e bom ter alguem especial como voce,fantasiando comigo,pelo jeito,voce entendeu direitinho a diferença entre sensualidade ,perversao...   Adorei a sua fantasia,senti tesao e emoçao ao mesmo tempo,a um misto de carinho e de tesao,tudo bem dosado...     Acho que o  Beto esta ganhando um rival a altura...   voce e o segundo homem mais especial que encontrei neste site, estou falando de afinidades...    Por favor outros homens,todos somos especiais,porem nao para todas as mulheres...   Emerson que importa ter errado o nome,fiz isso com o Beto e ele nem ligou...  Afinal este nao deve ser mesmo o seu nome verdadeiro.   Aqui somos todos personagens,existimos mais em nossa rica imaginaçao...    Afinal quem aqui tem coragem de assumir publicamente seus fetiches?     Voce nem vai acreditar,nao me avisam mais das respostas para mim,acho que perceberam que estou sempre por aqui para checar...   Voce sabe muitissimo bem que eu li a sua mensagem e gostei... seja leve,nao se apegue a pequenos detalhes,o erro era motivo para risos,jamais para uma bronca.  As pessoas  verdadeiramente felizes,sao aquelas que aprenderam a fazer piadas dos acontecimentos banais como esse,nada de stress garoto!   continue fantasiando comigo vou adorar ler...   Voce alem de sensual romantico,e bastante criativo tambem....   beijos  da   luciana
23/10/2006 04:23
De: Emerson (emersonlinks@uol.com.br)
IP: 200.187.239.147

Fantasiando com Luciana.

Luciana, resolvi enviar essa outra mensagem como complemento da anterior.  Sem conhecer você já fiquei fantasiando como seria beijar os seus lindos pezinhos, calçando havaianas. Beijando o seu corpo inteiro, passando boas energias, boas vibrações, sentindo a sua pele arrepiar, até eu deslizar por seu bum-bum e coxas, sussurrando belas palavras de amor. Enfim, você resolveria me tocar por todas as extremidades, fazendo-me gemer de prazer, mas ao mesmo tempo, ternura. Fico pensando em dar uma surra em seu bum-bum usando o máximo de criatividade e muita emoção. Enquanto você se apareceria estar se deliciando com as palmadas, estaria, também, mexendo seus pezinhos, os delicados dedinhos com unhas pintadas, num par de havaianas tradicionais que você estaria calçando neste dia, gemendo e gemendo. Pedindo mais e mais. Logo, você apertaria os dedinhos cada vez mais nas havaianas, na medida que o prazer fosse aumentando, exigindo mais ousadia no ato. A bundinha vermelha clamaria por uma massagem especial, pouco antes do choro e algumas trocas de beijos. Esperaria, sem cobrar, o momento de você desejar ser possuída, implorando por sexo e bastante amor. Seria muito bom poder realizar todos os seus sonhos, preocupado com seu prazer, seu bem estar, enfim sua felicidade. Ser chamado de namorado por você enquanto a gente exercita o erotismo, a sensualidade, seria como estar nas nuvens. Bem... É bom eu parar por aqui, senão me emociono mais. Com o coração batendo, aguardo uma mensagem de você para o meu e-mail pessoal: emersonlinks@uol.com.br   Beijos. E fique com Deus.    
22/10/2006 16:00
De: luciana
IP: 200.206.151.203

R: para EDSON parece que cheguei tarde demais sera?

Edson sinceramente quem sabe do designios de Deus?    Eu estou sozinha no momento,porem com 38anos(aparento menos),nunca sai do armario para uma relaçao verdadeira, tenho varias fantasias sim, mais nunca foram compartilhadas com nenhum namorado,sensualidade,erotismo,as vezes sao confundidos com perversao...     qto sera que vou encontrar o meu principe?    dificil dizer!   me correspondo com muita gente,de varios sites inclusive de namoros,nao conta para ninguem,tenho uma quedinha especial pelo beto,mais ja mandei ate email pessoal e ele nao  respondeu,acho melhor esquece-lo.  Tirando a brincadeira,me escreva mais,vou adorar....      beijos especiais para alguem especial.          luciana
09/01/2007 17:34
De: Marina
IP: 201.27.119.188

R:Comentando o que acho do Sílvio...

Sínceramente Sílvio sinto-lhe informar que está errado!!!     Não são "medrosos",que frequentam esse forun,são pessoas iguaizinhas a voce,cheias de fantasías,fetichistas(porque não),a única diferença entre eu e você,é que buscamos prazer de forma diferente,e que eu Marina,sou mais aberta que voce,respeito os fetiches alheio,tenho amigos dentro do spanking,veja bem amigos!!  Amigos de verdade,não sei se serão amigos a vida toda,porém não é o que me preocupa realmente,hoje são e me bastam!!!    Sei quando diz que sadismo não significa envolvimento sexual e emocional!!!   Mais de onde tirou a idéia de que sou isso ou aquilo?  Vou te contar um segredo,que agora vai ser público,eu sou apenas uma mulher apaixonada e apaixonante,que sonha com uma relação verdadeira,sim,voce está entendendo direito,estou a procura de um companheiro-cúmplice,para sermos felizes e realizarmos nossos fetiches...     De forma sadia e consensual,como tanto voces pregam,e que acho que o termo é esse mesmo...    Não sei quando conheceu esse forun,eu já conheço faz tempo!  Ele é aberto a vários fetiches que envolve palmadas e havaianas,quem o criou,tem visão ampla das coisas,sabe que aqui tem um lugarzinho para todos nós,mesmo com nossas diferenças!!!   Não nos julgue Sílvio,nem a mim,nem a ninguém,busco o mesmo respeito que sonha em ter das pessoas em suas práticas...   Eu te respeito muito como judiador(ainda que ache que esse não seja o termo),porém a menos que o dono do fórun entre em contato comigo,e me diga que me enganei quanto ao propósito do fórum,acho que voce me deve desculpas,tenho tanto direito de estar aqui quanto voce!!!  Você não devería achar que perdeu tempo lendo o que escrevi,a gente nunca perde,em conhecer sobre o que os outros pensam...   Eu não acho que perdi tempo lendo voce...   Não seja igual ao mundo aí fora,que julga as pessoas pelos seus desejos sexuais,seja maior que tudo isso,faça diferença,seja legal no amplo sentido da palavra,só vai ter a ganhar com isso!   Te garanto,eu tenho amigos no mundo todo,através da Internet,eu os respeito e eles me respeitam...   Quando precisamos de colo,nos procuramos...   Nos unimos porque apesar das diferenças de preferencias,sabemos o quanto é difícil ser fetichista...   E mais ainda termos um ombro amigo para um desabafo,sem sermos julgados por nossas escolhas...   Eu os amo e preservo muito,voce nem imagina o tipo legal de relação que temos!!!    Nunca esqueça,ainda que com algumas diferenças de preferencias,melhor sermos    uma multidão que apenas um,ou uma pequena tribo!!!   Tem o direito de pensar como quiser,porém como se referiu a mim,tinha direito de resposta,não só por mim,mais por outros fetichistas que se afinam comigo...    Mesmo achando que foi longe demais me julgando,te deixo um grande beijo,síncero viu,porque sei que não é facil fugirmos de nossa verdade,não que voce fuja....   Mais com certeza também como eu e todo mundo não podemos nos assumir por inteiro...     Tenho certeza que em outra situação até poderíamos ser amigos...     Com carinho e solidariedade da    Marina...
08/10/2010 19:25
De: PAULO (tiopaulo29@yahoo.com.br)
IP: 201.76.163.122

Re: Ola

estou a disposição para surra-los com as havainas e deixar suas bundas bem vermelhinhas mandem um e-mail.
Tio Paulo
Seu IP: 54.204.155.41 (os IP's são armazenados por questões de segurança)
Seu nome:
Seu e-mail:
Assunto:
Mensagem:
  Não quero que meu e-mail apareça na mensagem (apenas o nome)